Category Archives: Desbravamento livre

Contrastes paulistanos

Padrão

Para que chegássemos à região da Aclimação, nosso destino do dia, decidimos experimentar as entranhas do bairro da Liberdade em direção à baixada do Glicécio, partindo mais uma vez do marco zero de São Paulo (Praça da Sé).

Read the rest of this entry

Da Sé à Bolívia em 6km

Padrão

capO objetivo do dia foi conhecer o parque Belém, na Zona Leste de São Paulo, partindo da praça da Sé. Não sabíamos exatamente o que encontraríamos ao atingir o objetivo e nem precisamente o percurso que faríamos. Tudo foi definido diretamente na rua. Como nos últimos domingos, o marco zero da cidade de São Paulo foi nosso ponto de encontro, o local de partida para o desbravamento.

Read the rest of this entry

Desbravadores de SP abraçando o Tietê

Padrão

 

Em uma corrida livre, ou seja, sem quilometragem e trajeto determinados, os Desbravadores de Sampa decidiram correr em direção à Zona Norte partindo do marco zero da cidade (praça da Sé). Por não haver tal definição, o tema foi escolhido após o término da corrida ao verificarmos que o Tietê foi o objeto mais presente durante o percurso, seja através das passagens sobre o rio, por acompanhar um de seus afluentes nas proximidades do Campo de Marte ou por percorrer o Clube de Regatas Tietê, que está localizado na margem do rio. Veja como foi:

Read the rest of this entry

Das artérias ao coração de Sampa

Padrão

São Paulo, 18/01/2015. Demorou mas os Desbravadores de Sampa estão de volta à ativa. Desta vez o objetivo foi conhecer duas das vias mais importantes da cidade que interligam os bairros à região central. Dentre elas, percorremos a Avenida 23 de maio e o orredor leste x oeste / minhocão (elevado C&S).

Read the rest of this entry

São Paulo dos corredores de rua

Padrão
São Paulo dos corredores de rua

São Paulo, 19 de outubro de 2014

Para quem gosta de corridas de rua, o domingo é sempre um dia de desafios para os que vivem na cidade de São Paulo. É o momento de por em prática tudo o que cada pessoa treinou durante a semana, utilizando uma das diversas corridas de ruas oficiais que acontecem na cidade. Praticamente todos os domingos do ano existem ao menos uma corrida de rua na cidade. Já houve casos de 6 corridas acontecerem simultaneamente e todas com bastante público. Por isso, aproveitando a sede de competitividade típica do paulistano (em todos os sentidos) e aliando a 2 importantes corridas neste dia 19, a Maratona de São Paulo e a M 5K (corrida feminina do McDonald’s), os desbravadores de Sampa entraram em ação para mostrar o clima dessas corridas passando pelo local de largada da primeira e de chegada da segunda, entre o parque do Ibirapuera e o centro da cidade. Read the rest of this entry

Correndo livremente em São Paulo

Padrão

destAntes de iniciar o relato do percurso do dia, gostaria de fazer algumas perguntas ao cidadão paulistano que está sempre atrasado com seus afazeres e precisa percorrer os trajetos do dia-a-dia da forma mais rápida e objetiva que existe: Você teria tempo disponível para percorrer e observar a cidade de São Paulo sem que um rumo fosse definido, simplesmente pelo prazer de pertencer a ela, ou o contrário, de saber que ela o pertence? Por conta disso, aproveitaria para absorver seus ensinamentos explorando todos os seus detalhes? Ou então, aproveitaria o seu percurso do dia-a-dia para conhecer um pouco mais da história da cidade?

Read the rest of this entry

Desbravadores de Sampa nos caminhos de São Miguel Paulista

Padrão

São Paulo, 4 de maio de 2014. Neste dia, nossa meta foi seguir em direção à zona leste de São Paulo objetivando atingir como destino São Miguel Paulista. Tínhamos 3 possibilidades de percurso que eram: partindo do metrô Tietê (pela marginal Tietê), da Sé (pela Celso Garcia) ou da Av. Ricardo Jafet (pela Vila Prudente). Escolhemos o terceiro percurso pois decidimos que já deveríamos ir direto ao ponto o quanto mais rápido: Adentrar à zona Leste de São Paulo.

Read the rest of this entry

Feriado do 1º de maio no divã da terapeuta rua

Padrão

O dia é 1º de Maio, uma data diferenciada aos trabalhadores pois marca uma conquista histórica nos direitos da classe proletarizada e, como forma de comemorá-la, foi instituído à ela um feriado mundial.

Normalmente, o feriado é um dia usado para se descansar, curtir a família e tantos outros programas. Isto se decide de acordo com o gosto e a preferência de cada um. No meu caso, minha atitude é acordar cedo como de costume, fazer minha corrida e conversar com minha grande amiga “terapeuta”: a rua (slogan usado de forma inteligente em um vídeo da marca “Puma”). Confira abaixo

 

Read the rest of this entry

Em direção à letra N da bússola

Padrão
Viaduto Santa Ifigênia (km 9,5)

Viaduto Santa Ifigênia (km 9,5)

Era um domingo, 6 de abril, dia de mais um desbravamento de Sampa. Um dia antes, havia encontrado o grande amigo Jefferson Thosi, quando papeamos de tudo: de business a religião.  Decidimos que deveríamos continuar a conversa no dia seguinte e, então, teríamos que escolher entre duas possibilidades: Boteco ou pé na rua. Sem muito o que pensar, no dia seguinte às 7h, decidimos o rumo: Vamos até à zona norte de São Paulo. Perfeito. Como estávamos no bairro da Saúde, a única certeza que tínhamos era que precisaríamos passar pelo centro da cidade. E lá fomos nós.

 

Read the rest of this entry